Tecnologia no setor público: entenda a importância nos dias de hoje

É inegável que a tecnologia representa hoje um papel fundamental em nossas vidas. No setor público, já demonstra estar em expansão acelerada, oferecendo soluções cada vez mais eficazes para diversas atividades. Entretanto, é comum que surjam dúvidas sobre qual seu papel nesse sentido.

Quando falamos em tecnologia no setor público, a ideia vai muito além da simples substituição de um método por outro mais moderno. Pensando nisso, criamos este post para esclarecer suas dúvidas, mostrando a importância da implementação de ferramentas tecnológicas, quais são as que mais se destacam e seus principais benefícios. Confira!

Entenda porque a tecnologia se tornou essencial no setor público

A transformação digital vem revolucionando a forma como lidamos com a tecnologia no dia a dia. As possibilidades que ela oferece são incontáveis, tornando a implementação de novas ferramentas uma prática intrínseca ao processo de gestão, tanto no setor privado quanto no público. E é fácil entender o motivo.

Em um mundo totalmente conectado, as pessoas apresentam não só uma sede por acesso à informação, mas também meios para fazer isso — com a popularização de smartphones e tablets, tornou-se comum que a população se sinta ainda mais interessada pelo que está sendo feito pela gestão pública. Indo além, as pessoas cobram mais por transparência.

Assim, da mesma forma que o setor privado vem atuando na identificação de diferentes maneiras de implementar a tecnologia para otimizar seus processos, o setor público já começou a se movimentar. No Brasil, as Leis de Transparência e de Acesso à Informação servem de referência para algumas ferramentas já adotadas.

O que se vê é uma tendência puxada por países desenvolvidos para não só implementar a tecnologia visando otimizar as relações entre a população e o setor público, mas também para fins específicos. Assim como empresas se beneficiam de conceitos como machine learningbig data e cloud computing, os órgãos governamentais passaram a enxergar novas oportunidades no uso dessas ferramentas.

Trata-se de uma estratégia eficaz para manter os procedimentos dentro da lei e, indo além, aumentar a qualidade dos serviços oferecidos à população. Para entender como isso funciona na prática, daremos alguns exemplos a seguir.

4 tecnologias para uma gestão pública mais eficiente

Atualmente, já é possível identificar grandes projetos tecnológicos que modificaram totalmente a forma como o setor público lida com a gestão dos serviços. Para essa finalidade, a Tectrilha vem contribuindo com ferramentas práticas e extremamente eficientes.

Falaremos aqui de algumas delas e de suas aplicações para o setor público.

1. ContratoWeb

O ContratoWeb foi especialmente preparado para permitir o gerenciamento de contratos da administração pública, e as informações a serem registradas estão baseadas na lei de licitações e na experiência de vários municípios e órgãos de governo no gerenciamento de seus contratos.

O sistema é uma ferramenta fundamental na gestão dos contratos da administração pública, controlando prazos, valores, aditivos, garantias contratuais, e acompanhando toda a execução dos contratos, emitindo alertas para o gestor e o fiscal de cada contrato ao longo de sua vigência.

2. ConveniosWeb

De forma similar, o ConveniosWeb trabalha na gestão de convênios estabelecidos pela gestão pública. Essa é uma prática bastante importante, sendo utilizada principalmente por Prefeituras e órgãos de atuação mais específica, como instituições financeiras que apoiam projetos de ONGs e de pesquisa.

Vale lembrar que essas atividades exigem um processo de prestação de contas, essencial para que não haja problemas jurídicos. O sistema facilita e até acelera a prestação de contas, já que viabiliza sua execução de forma totalmente digital.

3. ObrasWeb

Podendo ser acoplado ao sistema de gestão de contratos, o ObrasWeb permite a gestão de obras públicas, desde o seu planejamento até a execução. Isso inclui o acompanhamento de prazos e gastos.

Estamos falando de serviços essenciais para o setor público, o que torna esse tipo de ferramenta muito valiosa.

4. CaptaçãoWeb

Outro sistema que merece destaque é o CaptaçãoWeb. Seu funcionamento tem como foco a captação de recursos para o setor público. Em momentos de instabilidade econômica, é uma estratégia importantíssima para que as prefeituras, por exemplo, possam captar recursos adicionais — assim como prestar contas de forma adequada, evitando sanções e perda de recursos.

Motivos pelo qual você deve investir em tecnologia para a sua gestão pública

Em primeiro lugar, é preciso compreender que a tecnologia representa parte fundamental de nossas vidas. Já utilizamos o meio digital para nos comunicarmos e até mesmo pagar contas, procurar empregos e fazer compras. É cada vez maior o número de pessoas que exerce atividade remunerada por meio da internet.

Assim, otimizar as práticas do setor público é uma tendência natural. Os serviços em geral e o atendimento à população não só se tornam mais eficientes com o uso de tecnologia, como otimizam o trabalho dos servidores públicos.

Gerenciar prazos, gastos, prestações de contas e recursos é uma tarefa que pode ser complicada sem o suporte de uma ferramenta desenvolvida especificamente para isso. Grosso modo, órgãos de gestão que não se adaptarem se tornarão obsoletos, podendo prejudicar a administração pública como um todo.

É preciso inovar, implementar ferramentas eficientes, abraçar o conceito de Smart Cities (Cidades Inteligentes) e unificar os sistemas para que a tecnologia aumente a qualidade de vida da população. Com um planejamento eficiente, é possível tornar o setor público muito mais eficiente e transparente.

Benefícios do uso de tecnologia no setor público

Desse modo, é perceptível que a transparência do setor público tende a ganhar com o uso de tecnologia. Plataformas de acesso às informações referentes a contratos e convênios permitem que o cidadão esteja ciente daquilo que os políticos estão fazendo pela sociedade.

Essas ferramentas tornam a estrutura de gestão mais horizontal, evitando longos processos que passam lentamente de um órgão a outro, uma secretaria por vez, sem que as pessoas tenham acesso.

Isso causa um importante impacto social: o aumento da confiança nos órgãos de gestão. Com acesso a esses dados, a população passa a compreender melhor o trabalho que está sendo realizado, dando um voto de confiança à administração pública. Indo além, o cidadão assume um papel de colaboração com o setor público.

A agilidade dos processos, assim como sua segurança, são dois pontos de extrema importância. Todo processo ligado ao setor público precisa ser rápido e eficiente. Por isso, a tecnologia é essencial.

Além disso, é possível criar canais de comunicação mais eficazes, permitindo até mesmo que a população manifeste suas demandas para os órgãos de gestão que, por sua vez, se mantêm mais atentos às prioridades.

Como você pode ver, a tecnologia no setor público é mais que uma tendência — é uma realidade. Faça uma análise em seus processos e veja de que forma ela pode otimizar o trabalho dos servidores de sua área!

Gostou do post? Então inscreva-se em nossa newsletter e receba mais conteúdos sobre o tema!

Deixe um comentário
Share This